quarta-feira, 26 de junho de 2013

Amor?

"Amor é a coisa mais alegre
amor é a coisa mais triste"
(Adélia Prado)

Vamos desinventar o amor
Coloquemos mais carne nos sonhos
Pois estes só têm nuvens sob a pele.
Jogaremos fora as flores de cor amorosa
E todos os vestidos vermelhos
São miragens o que essas coisas provocam.
As cartas ridículas estão proibidas!
(Nada é pior que o desamparo de um réu confesso)
Crime mesmo é quando acabamos com o mistério.
Quem vai querer as dores e os temores?
Todos querem ser a novela das oito
Sem passar pelos erros de bastidores.



(Escândalo- Caetano Veloso)


3 comentários:

  1. drica,
    a desconstrução do amor e suas dores.
    já notu que o poeta paga dobrado???
    e ainda trouxe, como alegoria, uma grande canção.
    e agora, à partir de agora, nada - nunca mais! -de machado e sândalo.
    beijo,
    r.

    ResponderExcluir
  2. Os vestidos vermelhos, não!!!

    Cheiro!

    ResponderExcluir
  3. Desinventar é o caminho a seguir.

    ResponderExcluir