quarta-feira, 23 de março de 2011

Nudez

"Se ao te conhecer dei pra sonhar fiz tantos desvarios,
rompi com o mundo, queimei meus navios
me diz pra onde é que ainda posso ir"
(Chico Buarque)

Minha delicadeza dorme em teus olhos
Porque não são leves os meus sonhos
E espelhos nem sempre dizem a verdade.
Com quantas frases fugirei do teu riso
Até que tuas mãos não me deixem ir?
Dói-me essa lucidez teimosa e atenta
Que fere a carne e me deixa acordada
Mesmo que nossas noites nunca partam
(a memória é sempre estação de chegada)
E nenhuma lembrança é afeita ao fim.
É azul a paciência com que aguardo
Nascerem as flores dos passeios que fazes,
Vez em quando, sobre a pele exausta
Que tenta e não consegue esquecer de ti.




(Marcelo Camelo - Janta)

17 comentários:

  1. Belíssimo, Srta. Raposinha... suave, livre como deve ser a poesia que liberta [Com quantas frases fugirei do teu riso / a memória é sempre estação de chegada / E nenhuma lembrança é afeita ao fim] tocaram fundo aqui...

    Amanhã
    Vi o lado o tempo
    Eu vim cada pele
    A ruminar lembranças
    A deglutir demoras
    Esperanças e anseios
    Seios todos
    Nestas horas
    Pele pergaminho
    Percorrido um dia
    Marcada fica
    Se choro e rio
    É que veio diz.sentir afogar
    Mas é afago
    Memória do beijo
    que de novo quis se dar...

    Enorme xêro, anjinha! ;)

    ResponderExcluir
  2. "Eu quis te convencer, mas chega de insistir
    Caberá ao nosso amor o que há de vir".

    ResponderExcluir
  3. Para ser poeta basta ser sincero, escrever o que sente, amar o que realmente deseja, e esquecer a beleza superficial das palavras que formam a poesia, pois se verdadeiro é o seu sentimento, puro será seu coração...e lindas serão suas palavras!

    ResponderExcluir
  4. OI, muito interessante seu blog, to passando aki pq vi q vc é seguidor do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
    desde Já agradeço, Forte abraço

    ResponderExcluir
  5. Aleluia!

    Pólen voltou!!

    E com um soneto em que se desnuda tirando a roupa do mundo todo!!!

    Saudades, querida!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. "Dói-me essa lucidez teimosa e atenta
    Que fere a carne e me deixa acordada
    Mesmo que nossas noites nunca partam"

    tenho medo do medo de partir das noites.
    tenho medo de ser a âncora do navio que estaca
    ou de ser o próprio navio, à deriva,
    rumo ao fundo do fundo do mar apenas sonhado.

    ResponderExcluir
  7. Nudez e lucidez se confundem. Ótimo!

    ResponderExcluir
  8. Tão bom ler sua doçura, moça!

    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. certos esquecimentos são memoráveis, meu amor.

    beijo, minha pólen de flor!

    ResponderExcluir
  10. Passando só para tu não dizeres que eu nunca visitei teu blog.

    Marco Carioca

    ResponderExcluir
  11. Vestida de lembranças do que ainda está!

    '(a memória é sempre estação de chegada)
    E nenhuma lembrança é afeita ao fim.'

    Bravo!!

    ResponderExcluir
  12. querida amiga,
    que bom ter-te de volta e em excelente forma. que importa a lucidez teimosa quando ainda nascem flores espontâneas a teus pés? deixa a memória exausta embebedar-se. o sentido maior é, no mais das vezes, não ter sentido nenhum.
    beijinho e um abraço com saudades!
    p.s. já hoje recomendei este vídeo a alguém que escrevia sobre a memória de um beijo; chama-se exactamente assim e é dos imortais trovante. prova!
    http://www.youtube.com/watch?v=AaGsrsoS_LQ

    ResponderExcluir
  13. oi querida,amei seu blog.Que lindo texto!Beijos,virei sua seguidora.

    ResponderExcluir
  14. Tão suave...tão nua...e tão lúcida! Amei!

    ResponderExcluir
  15. Poema estupendo, Pólen.
    Senti o êxtase da poesia, aliada a uma sensibilidade (ou seria sensualidade?) ceciliana.
    Grande momento.
    Bjs na alma.

    ResponderExcluir
  16. Gostei demais!
    agora, do Marcelo Camelo eu não gostei; não curti o disco solo dele.

    beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  17. Oiee, seguindo teu Blog! Adorei, muito criativo.. Parabéns. Beijooo

    ResponderExcluir