terça-feira, 29 de junho de 2010

Literalmente

Às vezes, leio distraído.
Espelham-se na íris como vitrines
não me demoro além do tempo
de uma impressão que espero colorida.
Às vezes, leio forte.
Pareço devorar o que se mostra
feito antropófago ávido
por absorver o poder do escolhido
que aqui não é o vencido.
Às vezes, leio calmo.
Sentindo um carinho na alma
e o corpo ao passar das páginas
se deita, lânguido...
Eu leio como quem beija.

Um comentário:

  1. Literalmente... mergulho nas páginas, nas letras nos livros... perfeito!

    ResponderExcluir